• Programa de Estágio

Centro Antigo

18/04/2017 11:04

Recuperação do Centro Antigo avança com participação da população

Varrer a calçada, cuidar da frente da casa. Getúlio Vargas de Meneses, 72 anos, mora há mais e 30 na Rua Clínio de Jesus, no Barbalho, uma das que passam pela requalificação no projeto “Pelas Ruas”. Ao todo, mais de 40 ruas e passeios estão sendo recuperadas, também nos bairros de Macaúbas, Lapinha e Soledade. São bairros do Centro Antigo, onde ainda é possível encontrar vizinhos jogando cartas na porta de casa, idosos fazendo caminhada ao final da tarde.

Getúlio diz que varrer a calçada é uma prática civilizada. “Aprendi com minha mãe, no interior, e eu pratico porque é preciso conservar nosso patrimônio. Agora, com a Conder requalificando, deixando a rua nova, para mim é um incentivo de continuar cuidando do bem público”.

Ao lavar o carro na rua, o serralheiro Humberto Guimarães, vizinho de Getúlio, acompanha as mudanças na rua. “A Conder está fazendo um trabalho bom em todo o Barbalho, os deficientes visuais podem se locomover. Com as ruas e passeios requalificados vai melhorar tudo”.
Acessibilidade

A coordenadora social da Diretoria do Centro Antigo de Salvador (Dircas), da Conder, Sidney Oliveira, informa que em cada localidade, os representantes da Conder passam nas casas e comércios explicando como funciona o projeto e colhendo sugestões. “Este projeto contempla basicamente o pedestre, estamos restaurando 40 ruas nesta região, com todo o trabalho de acessibilidade que permite a locomoção do cadeirante, do deficiente visual, além da pavimentação”.

Andando pela rua Thalesde Freitas, onde fica o teatro do Instituto Central de Educação Isaías Alves (Iceia), que já passou pela requalificação, a aposentada Ana Maria Couto Meneses, 64 anos, diz que se sente mais segura. “Antes torcia o pé toda hora, vivia caindo em buraco. Sempre comentei isso. E agora a gente anda tranquilo, pisa numa boa, não entorta o pé. Melhora as dores na coluna também. Pisando numa calçada normal a saúde melhora”.

Pelas ruas

O projeto “Pelas Ruas” integra uma série de ações em curso nesta região da cidade, estabelecidas no Plano de Reabilitação do Centro Antigo de Salvador, elaborado com a participação da comunidade e que levou dois anos para ser construído (2008-2010). O plano propõe ações de curto, médio e longo prazos, com o intuito de reabilitar, preservar e valorizar o Centro Antigo de Salvador de forma sustentável.

As ações estabelecidas no Plano de Reabilitação do Centro Antigo de Salvador abrangem as áreas de habitação, infraestrutura urbana, acessibilidade, recuperação externa de igrejas e prédios históricos, reforma de casarões para uso habitacional e manutenção e limpeza constantes do patrimônio que integra o rico conjunto arquitetônico. São obras conduzidas pelo Governo do Estado, em projetos executados pela Dircas.

Confira áudio e vídeo em www.secom.ba.gov.br


Repórter: Raul Rodrigues/Secom/GOVBA
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.