• Programa de Estágio

Centro Antigo

10/05/2017 16:05

Situação de população de rua em debate na Sedur

A situação da população de rua foi tema de uma ampla discussão promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Sedur), por meio da Superintendência de Habitação em parceria com a Pastoral da População em Situação de Rua. O encontro ocorreu no auditório da Sedur.

A Roda de Conversa também reuniu diversos segmentos envolvidos com o tema, com objetivo de aprofundar a discussão, bem como analisar as possibilidades de atuação da Política Estadual de Habitação de Interesse Social (PEHIS/2008).

Temas
A coordenadora de Planejamento Habitacional, Raquel Mattedi, conta que durante as discussões, vários temas foram abordados pelos participantes da Roda de Conversa, entre eles, a necessidade de buscar soluções mais permanentes para a população que vive em situação de rua; a inclusão da categoria nos critérios de seleção da demanda habitacional, com ênfase no Programa Minha Casa, Minha Vida; visão intersetorial para análise e busca de soluções para a problemática, além de entendimento da Política Habitacional como serviço prestado à população, especialmente à de mais baixa renda.

Raquel Mattedi reforça que essa foi a primeira de uma série de reuniões e encontros que serão realizados com o objetivo de buscar alternativas e propostas condizentes, no âmbito da Política Habitacional da Bahia, ao perfil da população em questão.

Ao final da reunião foi sugerida a participação da Pastoral nos grupos de trabalho da Câmara Técnica de Habitação do Conselho Estadual das Cidades, ConCidades/Ba.

Participaram do encontro os Superintendentes de Habitação, Gabriel Nunes e da Diretora de Regularização Fundiária da SH, Adalva Tonhá, representantes da Pastoral Nacional e Bahia, da População em Situação de Rua, respectivamente, Irmã Cristina Bove Rollete e Carlita Mores Bastos; Eleonora Máscia, representando a CAIXA e o Fórum de Pós Ocupação da RMS; Luis Gonzaga, representando o Movimento da População em Situação de Rua e a Marli Carrara, representando o movimento social, União por Moradia. Estiveram, ainda, presentes para o debate o Projeto Axé e representantes dos Centros de Acolhimento da população em situação de rua, inclusive de Lauro de Freitas, além de técnicos da SH.

Fonte: Sedur/GOVBA
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.